Edições da Revinter

pdf Uso de Bioindicadores no monitoramento da qualidade da água Popular

Marcado em Alana de Pontes Danze, Ilka Schincariol Vercellino

Registro DOI: http://dx.doi.org/10.22280/revintervol11ed1.353

Resumo

Com o avanço da tecnologia e da globalização há cada vez mais um aumento das atividades antrópicas sobre o meio ambiente. Com relação aos recursos hídricos, sabe se que a qualidade da água é obtida por um conjunto de parâmetros que podem ser medidos por características físicas, químicas e biológicas. Uma das medidas desenvolvidas para melhorar o controle de qualidade hídrico é o biomonitoramento, a técnica utiliza bioindicadores para diagnosticar impactos a saúde do ecossistema e é considerada uma ferramenta importante na administração dos recursos naturais por fornecer informações que podem dar suporte a legislação. Caracterizados por sua variedade de espécies, dinâmica de nutrientes e ciclo de vida longo, os macroinvertebrados bentônicos se destacam e são os mais utilizados em trabalhos de biomonitoramento.
Conhecer e estabelecer novos e melhores bioindicadores de poluição e contaminação da água é de grande importância para facilitar o monitoramento ambiental e torna-lo cada vez mais preciso.

Palavras chave: Qualidade da água. Bioindicadores. Água. Biomonitoramento.

Atendimento

Rua Turiassu, 390 | 9º Andar Perdizes | São Paulo-SP CEP 05.005-000 | Brasil

Newsletter

Não perca nenhuma novidade sobre a Revinter! Receba todas as edições da Revinter no seu e-mail grátis!

Search

Lançada! v. 11, n. 3 (2018): Volume 11 • Número 3 • Out de 2018 - São Paulo
botao 1